20 abr 2017

Cuidado com o golpe no World of Warcraft

Dicas

Bens virtuais estão se tornando cada vez mais populares entre cibercriminosos, o que faz dos gamers alvos cada vez mais frequentes. Os bandidos inovaram mais uma vez no World of Warcraft, em um golpe que oferece mascotes gratuitos no jogo. O golpe está no fato de que não tem bichinho nenhum e os dados de conta são roubados.
Os fãs mais ardentes de Warcraft sabem que o único lugar para se obter mascotes é na Loja oficial, mas uma campanha de phishing, recentemente descoberta, incentiva os jogadores a fornecerem suas informações do battle.net. Presume-se que tudo isso seja para vender as contas no mercado negro.
Por mais que o aspecto do “presente” torne o golpe um pouco peculiar, o resultado é o mesmo: perda de informações pessoais e roubo de conta. Como sempre o melhor a se fazer com esse tipo de e-mail é deletar e denunciar.

Outra forma de se proteger de ameaças é se manter vigilante com e-mails não solicitados:

  • Verifique o endereço do remetente. Mensagens de phishing comumente são mandadas de e-mails que de alguma forma lembram os de alguma empresa como “battlenet@fakesite.com“.
  • Leia o texto com atenção: mensagens de phishing tendem a conter erros ortográficos e gramaticais.
  • Passe o mouse sobre o link e veja o balão que aparece sobre ele ou na parte inferior da tela.  Em tablets, você pode pressionar e segurar até ver o link de verdade. Se ele diz algo como “net“, mas quando você passa o mouse encontra algo como “fakesite.com“, melhor evitar.
  • Sempre (ênfase no sempre) execute uma verificação com um bom antivírus.  Uma boa solução de segurança vai alertar de atividades suspeitas e mantê-lo a salvo.